Blog Investimento Futebol

Pontos negativos e positivos do VAR na Copa América

Com a tecnologia avançando a passos largos, com certeza ela também chegaria em peso no futebol. Ao longo dos anos a bola, chuteira, camisa, alimentação e muitos outros pontos foram alterados pela tecnologia, mas o VAR foi uma mudança muito mais radical, trazendo pontos ruins e outros bons para este esporte. 

VAR na Copa América

Com certeza o VAR auxiliou muito a Venezuela, o qual anulou gol nos jogos da seleção contra o Peru e também contra o Brasil, assim a Venezuela conquistou dois empates nestes duelos, conseguindo a classificação para a próxima fase. Já o Uruguai teve gols anulados nas quartas de final diante do Peru, onde a partida acabou indo para os pênaltis e então os uruguaios foram eliminados. O VAR ainda também foi decisivo em lances de pênalti, como por exemplo, nas penalidades a favor da Argentina e Uruguai. Lances de expulsão, falta dentro ou fora da área, cartões amarelos ou vermelhos e outros detalhes também passaram pelo VAR.

Pontos positivos e negativos 

É fato que muitas das situações citadas acima foram positivas para a Copa América e para o esporte de maneira geral, trazendo justiça em lances duvidosos onde o árbitro teria dificuldades para confirmar a exatidão do lance, portanto esta tecnologia deve ser usada dentro de campo. Porém por outro lado, o VAR por muitas vezes pausa os jogos de maneira desnecessária e ainda por repetidas vezes o tempo para se analisar determinado lance é muito grande, esfriando o jogo e ao mesmo tempo esfriando também a torcida. Seria estranho se de hoje em diante o VAR não fizesse mais parte do futebol, mas ao mesmo tempo, é recomendável maior agilidade e menos polêmicas nos lances analisados por esta tecnologia. De maneira geral, a torcida é para que o futebol continue evoluindo, mas nunca deixando de lado a emoção e espontaneidade deste esporte. 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *