Blog Investimento Futebol

Crise no Atlético Mineiro

O Atlético Mineiro vive um péssimo momento, já que apresenta baixo rendimento na Copa Libertadores, com um futebol desorganizado e com resultados desastrosos. Diante disto o clube passou por demissões e protestos nos últimos dias e a torcida exige mudanças.

Classificação ameaçada

Com certeza os jogos da Copa Libertadores foram determinantes para todos os protestos dos últimos dias, já que o Atlético Mineiro estreou perdendo em casa para o Cerro Porteño e depois disto sofreu uma derrota para o Nacional do Uruguai como visitante. A primeira vitória aconteceu diante do Zamora, mas vale lembrar que o Atlético Mineiro chegou a estar perdendo por 0X2 e conseguiu uma virada no placar, mas apesar de vencer, ainda assim não convenceu a torcida. Na rodada seguinte, foi goleado pelo Cerro Porteño por 4X1, placar determinante para a insatisfação tomar conta do clube. Para conquistar a classificação na competição continental, a equipe precisa vencer os dois jogos restantes e ainda torcer por dois tropeços do Nacional do Uruguai, ou seja, realmente a situação é difícil.

Demissões e protestos

O técnico Levir Culpi já viveu bons momentos no clube, como em 2014 onde foi campeão da Copa do Brasil e também da Recopa Sul-Americana, porém atualmente a situação estava bem diferente e desta forma Levir foi demitido. A torcida ainda fez protestos na sede do clube, com jogadores como Cazares, Fabio Santos, Elias e Igor Rabello sendo os principais alvos, além do próprio presidente Sérgio Sette Câmara. A equipe ainda terá neste final de semana um clássico contra o Cruzeiro e assim entrará em campo muito pressionada. Tudo pode ficar ainda pior se de fato a desclassificação na Copa Libertadores for concretizada. Diante disto o ano de 2019 não deve ser fácil para o Atlético Mineiro, o qual precisará encontrar um novo técnico, reformular o elenco, acalmar a torcida e realmente jogar um bom futebol.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *