Blog Investimento Futebol

Benfica e Porto lutam por título e retomada da intensidade

O futebol em Portugal voltou com tropeços inesperados dos dois postulantes ao título da Primeira Liga. Enquanto o Benfica apenas empatou sem gols, em casa, contra o Tondela, o Porto perdeu para o Famalicão, por 2×1, longe do Estádio do Dragão. Agora, ambos estão empatados com 60 pontos na ponta da tabela, com vantagem ao time azul pelo critério de confronto direto.

Nesta primeira rodada ruim para os rivais, um ponto em comum foi determinante para o rendimento abaixo dos gigantes portugueses: a falta de intensidade. Ficou bastante nítido que ambos sofreram com o longo tempo de inatividade, o que acabou pesando contra adversários mais fracos.

Enquanto o Porto teve grandes dificuldades nas recomposições defensivas e uma marcação mais justa para impedir a circulação da bola do Famalicão, o Benfica iniciou bem, criando chances e pressionando, mas o gás foi acabando conforme os minutos se passaram.

Para os encarnados, isso ficou bastante nítido pelo fato de ser uma equipe que necessita desse “perde-pressiona” para criar chances de gol. Bruno Lage, treinador da equipe de Lisboa, usa muito este artifício para recuperar a bola ainda no campo ofensivo e acelerar as jogadas. Com essa intensidade, sua equipe mostrou um jogo moroso e incapaz de furar o bloquei rival.

O Porto, por sua vez, tem uma equipe mais física e pesada. Com a falta de ritmo, os deslocamentos dos atletas ficaram mais lentos e isso impactou bastante para levar vantagem em jogadas rápidas. Além disso, o péssimo dia do goleiro Marchesin contribuiu para a derrota.

Por conta desses problemas de ritmo, faz muito sentido pensar que a tendência é desses times buscarem uma blitz inicial para cima de seus adversários para conseguir rapidamente o gol. Este deve ser o cenário nesta próxima rodada, com o Porto recebendo o fraco Marítimo e o Benfica visitando o Portimonense. Olhando para as apostas esportivas, é bem provável que, caso esse gol não saia nestes primeiros minutos (e é provável que saia, já que os rivais são bem inferiores tecnicamente), a perspectiva é de grandes dificuldades ao longo da partida.

Neste sentido, é bom observar as ações dos adversários que, por todo esse contexto, passam a ganhar mais favoritismo e, inevitavelmente, serem mais acessíveis nas casas de apostas. Vale muito observar estes movimentos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *