Blog Investimento Futebol

Análise Do Grupo D Da Copa Do Mundo

Análise Do Grupo D Da Copa Do Mundo

Eu sei que você, amante de futebol como eu, deve estar ansioso para ver o que acontecerá na Copa do Mundo, certo? Principalmente depois do sorteio das equipes no final do ano passado.

Então, para que esse torneio seja proveitoso para todos nós, traders, eu decidi trazer as análises dos grupos da Copa da Rússia 2018 para você começar a estudar e montar as estratégias para o trading esportivo.

Hoje eu vou falar sobre o grupo D da Copa do Mundo. Confira!

As seleções do grupo D da Copa do Mundo

O favoritismo fica por conta da seleção argentina, de Lionel Messi. A chave é composta ainda pela Islândia, Croácia e Nigéria. Difícil dizer se realmente existe alguma zebra no grupo.

Com essas seleções, o grupo D da Copa do Mundo pode nos entregar algumas surpresas ao longo do torneio. Confira abaixo uma breve análise individual das seleções:

Argentina

Poderíamos trocar o título acima por “Lionel Messi”? Talvez. Até porque, se não fosse pela habilidade do destaque argentino, os sul-americanos nem teriam se classificado no último jogo, contra o Equador.

Podemos também esperar tristes despedidas: Sergio Romero, Di María, Agüero e Higuaín, entre outros nomes conhecidos da seleção, jogam seu último grande torneio nos gramados russos.

Cabeça de chave do Grupo D da Copa do Mundo, a seleção da Argentina sempre é colocada na lista das favoritas ao título, mesmo quando passa sufoco para conseguir a classificação.

Islândia

A Islândia é o menor país do mundo a ter se classificado para uma Copa. O caminho, no entanto, não foi nada fácil.

A equipe perdeu um de seus principais atacantes, Kolbeinn Sigthórsson, devido a uma lesão e também seu técnico, Lars Lagerback. Mesmo assim,  se classificaram em primeiro lugar no grupo. A esperança é que todos os outros jogadores que jogaram na Eurocopa da França estejam presentes na Rússia.

Croácia

A seleção de Zlatko Dalic aterrissa na Rússia com grandes nomes no elenco: Luka Modric, do Real Madrid e Ivan Rakitic, do Barcelona. É a tentativa (provavelmente a última com essa equipe de estrelas) de conseguir algo após o bronze de 98.

Conflitos políticos complicaram um pouco a situação da Croácia, que talvez não tenha tantos torcedores em casa, o que pode ser crucial para uma boa atuação em campo.

Nigéria

A campeã africana de 2012 garantiu a classificação com sobra para a Copa do Mundo de 2018. Além disso, ainda venceu a Argentina em um amistoso na Rússia: dois fatores que dão muita força para que a seleção nigeriana jogue com vontade na Copa.

Um dos destaques, além do técnico alemão Gernot Rohr, fica por conta do atacante Victor Moses, do Chelsea.

Tudo sobre a Copa do Mundo 2018 você encontra aqui no blog Investimento Futebol. Fique ligado!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *