Blog Investimento Futebol

Veja os craques que defenderam apenas um uniforme em toda carreira

Atualmente, futebol é negócio. Um esporte movido pela paixão, mas que movimenta fortunas nos bastidores. As formas de tornar o futebol rentável são inúmeras. E, entre tantas, está o mercado de transferências para ilustrar como o futebol pode ser lucrativo. A cada ano, clubes investem cifras exorbitantes por craques dos gramados e, em alguns casos, até pagam alto por promessas que nem estrearam sequer profissionalmente. Afinal, futebol hoje em dia é também investimento.

Com a evolução do mundo futebolístico e a transformação de clubes em empresas, é muito recorrente jogadores de futebol passarem por vários times ao longo da carreira. Dessa forma, baseados na máxima “quem dá mais, leva”, os atletas colecionam uniformes que defenderam e se afastam cada vez mais do famoso amor à camisa.

Raros são os que defendem as mesmas cores em toda sua trajetória. Provavelmente, nos dias atuais, Messi é o primeiro que vem à mente da maioria. No Barcelona, desde os 13 anos, o astro é uma exceção no esporte e nunca trocou de clube durante sua trajetória profissional. Mas, há mais histórias para contarmos!

Confira a lista de craques que defenderam apenas um uniforme em toda carreira

Rogério Ceni (São Paulo), Marcos (Palmeiras)

Rogério também se notabilizou por marcar gols

Para começar, uma polêmica brasileira! Defesas espetaculares, atuações inesquecíveis. Rogério Ceni e Marcos são incontestáveis. Símbolos de São Paulo e Palmeiras, respetivamente, ambos tiveram um breve começo em times menores. Ceni foi revelado no Sinop-MT, em 1990. Mas, no mesmo ano, foi contratado pelo São Paulo, onde se tornou ídolo e maior jogador da história do clube. Em 25 anos que defendeu o Tricolor, foram 1198 jogos e 129 gols.

Marcos foi goleiro titular da Seleção campeã da Copa de 2002

Por sua vez, “São Marcos”, como ficou conhecido o ídolo absoluto do gol do Palmeiras, defendeu a equipe durante 20 anos. Entretanto, as primeiras defesas foram ensaiadas no Lençoense-SP, do interior de SP. De lá, sua trajetória rendeu o posto entre os jogadores mais importantes do Verdão, participando de 531 jogos no total.

Paul Scholes, Ryan Giggs e Gary Neville

Trio fez história no Manchester United

Neste tópico, um combo 3 em 1 da Premier League. Paul Scholes, Ryan Giggs e Gary Neville defenderam o mesmo clube durante toda a carreira: o Manchester United. O trio atuou na mesma época e fez história.

Scholes se consagrou como um dos melhores atletas, entre os anos 90 e 2000. Foram 20 anos a serviço dos “Red Devils”, participando também de um dos ciclos mais vitoriosos do clube. Assim como Neville, que começou nas categorias de base do clube e foi até a aposentadoria, após 18 anos de United. Por último, mas não menos importante, Giggs que é considerado por muitos o melhor jogador de todos os tempos do clube. Durante mais de duas décadas, participou de 963 jogos e marcou 169 gols. É o recordista de títulos no Manchester United, com 37 no total.

Paolo Maldini

Maldini foi um grande capitão no Milan

Dono de uma das trajetórias mais consagradas da Serie A italiana, Paolo Maldini deu prosseguimento ao legado do seu pai, Cesare Maldini, no Milan, que é referência no clube até hoje. Paolo iniciou no clube rossonero aos 16 anos e se aposentou 25 anos depois. Durante a carreira, somou 902 partidas, além de 25 títulos coletivos, que o caracterizam como símbolo de uma época vitoriosa do time. Para tanto, a camisa 3 permanece aposentada no clube até hoje.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *