Blog Investimento Futebol

Qual Palmeiras entregará, Luxa?

O sonho era Sampaoli, a realidade acabou sendo Vanderlei Luxemburgo. O início de 2020 para o Palmeiras era planejado para virar a chave. Chega de Felipão, Mano Menezes… A ideia era jogar mais com a bola, ter mais a posse, entregar um jogo mais ofensivo ao seu torcedor.

Campeão de tudo nos anos 90 com o clube, Luxa chegou prometendo céus e mares e, principalmente, que iria assumir um jogo protagonista com o seu Verdão. Quase 10 meses se passaram – claro, com pandemia no meio – e nada do que foi colocado lá atrás foi desenvolvido.

Hoje vemos um Palmeiras que, por mais que consiga competir na maioria dos jogos, tem um dos seus graves problemas exatamente o momento que tem a bola. Se enrola em jogos contra equipes fechadas e mostra ser “um parto” construir as jogadas com a bola no chão.

Um time extremamente espaçado, com dificuldades para transitar a bola entre os setores. Por conta disso, acaba funcionando melhor em contra-ataque, quando o adversário toma a frente de ter a bola e dá espaços para a equipe acelerar. Acaba ficando um time sem repertório, dependendo da ação do outro para poder reagir. Com isso, vários jogos ficam amarrados e o Verdão acaba sentindo dificuldades.

Com isso, os gols acabam acontecendo muitas vezes de formas aleatórias, pouco trabalhados, normalmente vindo de uma ação individual ou mesmo sorte, como foi o caso do gol de Patrick de Paula contra o Flamengo, num chute de fora da área que só entrou graças a um desvio.

Na defesa, até que é um Palmeiras mais sólido. Marca forte, dá poucos espaços para o adversário. Trabalha bem suas coberturas e protege bem a sua própria área.

Outro mérito de Vandelei Luxemburgo é de lançar jovens com grande potencial e dar minutos a eles. Gabriel Menino, Gabriel Veron, Patrick de Paula, Danilo… Todos jogadores que estão sendo utilizados e com condições de virar grandes jogadores. Agora, o que lhes falta, é um contexto de jogo positivo para desenvolvê-los.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *