Blog Investimento Futebol

Mais uma vez teremos clubes argentinos na final da Copa Libertadores

Apesar da competição estar na semifinal, já temos certeza de que um time argentino estará na grande decisão, tendo em vista que River Plate e Boca Juniors fazem a semifinal e portanto um passará para enfrentar Grêmio ou Flamengo. 

Clubes argentinos em quatro das últimas cinco finais

Realmente os clubes argentinos possuem grande tradição nesta competição e nos últimos anos conseguiram manter a qualidade e mostrar força dentro de campo, já que em 2014 o San Lorenzo chegou a grande final vencendo o Nacional de Asuncion. No no seguinte foi a vez do River Plate ser o campeão, superando o Tigres do México. Em 2016 foi a exceção, onde os argentinos não chegaram a decisão, a qual foi disputada pelo Atlético Nacional e Independiente Del Valle. Em 2017, um brasileiro foi campeão, o Grêmio do técnico Renato Gaúcho e do ofensivo Luan (eleito o melhor jogador do continente), mas vale lembrar que ainda assim uma equipe argentina chegou na final, o Lanús. Em 2018 a decisão foi feita por dois clubes da Argentina, assim como acontecerá na semifinal deste ano, Boca Juniors e River Plate se enfrentaram, com o River Plate levantando a taça, assim como aconteceu em 2015. 

País com mais títulos

A Argentina é o país com mais títulos nesta competição, no total são vinte e cinco (o Brasil fica na segunda posição com dezoito), além disto, os argentinos possuem os clubes com maior número de títulos, já que o Independiente levantou a taça por sete vezes e o Boca Juniors por seis vezes, o Peñarol é o “intruso” já que é um clube do Uruguai e está na terceira posição com cinco títulos, seguido ainda por outros dois argentinos, River Plate e Estudiantes, ambos com quatro taças. Os brasileiros com maior número de conquistas são Grêmio, Santos e São Paulo, todos sendo campeões por três vezes.

Vale lembrar que apesar de ter um clube argentino garantido na final, do outro lado temos também um brasileiro, já que Flamengo e Grêmio se enfrentam na semifinal, portanto torceremos para o clube brasileiro ser campeão e deixar o Brasil mais próximo dos argentinos, visando um dia ser o país com maior número de títulos na Copa Libertadores. 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *