Blog Investimento Futebol

Mulheres no Trading Esportivo

mulheres no trading esportivo

Proibidas de jogar futebol por quase 40 anos, nos dias atuais, as mulheres lutam para vencer a resistência à modalidade. Mas, você sabia que o Brasil conta com muito mais mulheres do que homens? Isso demonstra que há muito tempo a mulher é fundamental para o País, não apenas como consumidora, mas principalmente como componente essencial do mercado de trabalho e até mesmo como influenciadora de decisões.

Diante desse cenário, vemos cada vez mais mulheres no trading esportivo e fazendo a diferença no poker mundial, por exemplo. As que se aventuram nesse meio confessam que não é fácil. No entanto, estão dispostas a mostrarem que podem mais do que muitos esperam. Abaixo, conto um pouco mais sobre esse assunto.

Sim, Futebol é coisa de mulher!

Quem nunca ouviu a frase: “Futebol não é coisa de mulher” que atire a primeira pedra. As pessoas já estão cansadas de falar (e também de escutar) que o futebol feminino não caminha porque é chato, não possui técnicas — o que é um absurdo, visto que elas são as mesmas das do masculino—, entre outros clichês que foram consolidados nesses 120 anos de história da modalidade.

Felizmente, isso está mudando. Afinal, pais conscientes e apaixonados por futebol ensinam às suas filhas que elas também podem amar esse esporte, jogar e, quem sabe, trabalhar com isso futuramente. Mas, por que estou falando isso? É importante mostrar o contexto em que o futebol está inserido para entendermos que, hoje, ter esse tipo de pensamento é ser retrógrado e alienado.

Nos dias atuais, a inserção no esporte é tida como algo mais natural, tanto nas arquibancadas quanto nas coberturas, comentários e na prática. Vide Renata Fan, Fátima Bernardes, Fernanda Gentil e Mylena Ciribelli. As jogadoras da seleção também deixam a arquibancada de queixo caído quando entram em campo nas Olimpíadas do Rio, por exemplo. Sem falar na árbitra, Sílvia Regina, e também da bandeirinha, Ana Paula Oliveira, que fizeram história. E agora? Tem alguma dúvida de que o futebol é coisa de todo mundo?!

Por que devemos dar mais atenção às mulheres do tradinf esportivo?

Antes de falar como as mulheres no trading esportivo se destacam, vou citar alguns dados importantes sobre elas no mundo dos investimentos. De acordo com um estudo da Fidelity, especialista em investimento de produtos e serviços, mulheres são melhores investidoras do que homens. O motivo? Elas são mais avessas ao risco do que o público masculino. Estudos ainda mostram que elas pensam em estratégias de longo prazo.

No ano de 2016, a pesquisa mostrou que os investimentos feitos por mulheres tiveram rendimentos superiores em 0,4% aos realizados por homens. A conclusão foi dada a mais de oito milhões de contas de clientes da Fidelity.

Isso só comprova que as mulheres no trading esportivo também recebem destaque. Já que, além de serem mais racionais e estratégicas, também possuem conhecimentos sobre o esporte. Também vale lembrar que o público feminino invadiu o mundo do poker, conquistando títulos valiosos e prêmios no mundo inteiro.

As mulheres no trading esportivo só têm a ganhar. Quer aprimorar seus conhecimentos acerca do assunto? Então leia também: Apostas Online: Conheça os melhores esportes para apostar.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *